2013

Aprendemos que, por pior que seja um problema ou situação, sempre existe uma saída. E que é bobagem fugir das dificuldades. Mais cedo ou mais tarde, será preciso tirar as pedras do caminho para conseguir avançar.

Aprendemos que, heróis não são aqueles que realizam obras notáveis. Mas os que fizeram o que foi necessário para essa realização.

Aprendemos que, ao invés de ficar esperando alguém nos trazer flores, é melhor plantar um jardim.

Aprendemos que cabe a nós a tarefa de apostar nos nossos talentos e realizar os nossos sonhos.

Aprendemos que, o que faz diferença não é o que temos na vida, mas QUEM... nós temos.

Aprendemos que o tempo é precioso e não volta atrás. Mas mesmo assim, vale a pena resgatar o passado e viver as emoções do presente.


O nosso futuro ainda está por vir. Então devemos descruzar os braços e vencer o medo de partir em busca dos nossos sonhos


“Confie em você e no seu potencial, tire as suas idéias da gaveta e coloque-as em pratica!”


PROFª ROGÉRIA TELES


terça-feira, 29 de março de 2011

TRAQUINAGENS

Não adianta forçar a barra

Precipitar o grito

Antecipar o gesto

O acerto pode ser incerto

Mas o erro tem que ser exato.

  Na década de 60, alguns alunos (parece que foram 02), cansados de assistir aula, tramaram uma traquinagem para que as aulas fossem suspensas.

   Dito e feito aulas suspensas.

  Esses dois garotões, que ainda hoje residem em Pirassununga, compraram 01 saco de “vermelhão” (tipo de pó para dar coloração em piso de cimento), e despejaram na caixa d'água (“isso na calada da noite " ).

  No dia seguinte banheiros lacrados.

Aliás, a caixa d água a que me refiro ficava entre prédio velho e galpão (perto do labarotório de química).

O final da história dá para se imaginar.

  Quem se lembra dos autores dessa “traquinagem”?

Colaboração de Fernando Ramos

Adolescentes são adolescentes!

Não importa em qual década viveram...

O que realmente importa é o quanto viveram!

Equipe E E Pirassununga



10 comentários:

M Bernadete (Dedé) disse...

É, estas artes foram famosas e "deram o resutado esperado" e não prejudicaram ninguém. Lembro-me também de uma bomba que foi ativada não sei se no porão ou no banheiro. A escola tremeu e foi uma gritaria só. "O que será que está acontecendo?" perguntávamos.
Coisa de estudante...
Saudade

Estela Cristina disse...

Lembro-me bem , porém sei de mais um membro que participou desta façanha,já saiu de Piras há algum tempo..., mas volta sempre prá rever familiares. Um deles tem o nome de um ex-presidente, outro é RSB(conheço bem) e JHZ. Bons meninos

Rogéria Fernanda disse...

Estela esse com o nome de um ex-presidente seria por acaso “Fernando”?

Sendo carinhosamente chamado pelos amigos por um apelido de apenas 4 letrinhas?

Suzana disse...

Não foi no meu tempo, estou apenas chutando: O Fernando , por acaso será Fernando de Abreu Ramos? e o RSB, será o Renato Silveira da antiga papelaria Eldorado? Agora ... JHZ ? não será LHZ ?não tenho a menor idéia.

Guimatel disse...

"Trakinas" só conheço a bolacha! Mas que a idéia
foi boa foi!

Lucieire disse...

kkkkk... não imagino quem fez isso, só consegui pensar no trabalho p limpar a caixa d`agua

Lourival disse...

Foi nessa década que servi o exército ai, para ser mais preciso em 1965. E nós rapazes eramos tão quietos.

Estela Cristina disse...

Rogéria, não sei se o Fernando participou, mas o com o nome do ex- presidente do Brasil não é ele,o ex-presidente (conhecido pelo belo topete). outro é meu irmão(Rafael Stéfano) então posso falar com certeza, pois vivi isso e sei que meu pai ficou furioso na época e fez com que se retratasse, os pais eram assim(graças a Deus!)O terceiro troquei as letras iniciais é LHZ.

Rogéria Fernanda disse...

Então vamos ver se agora eu acertei:
Rafael Stéfano;
Itamar Franchi e
Luiz Henrique Zema?

Nano preciso da resposta! Rsrsrsrsr

Burne- Cãozinho Queimado disse...

É isso aí Rogéria, também entreguei de bandeja, mas eram ótimos meninos e hoje são ótimos cidadãos(tenho certeza),e tal ousadia(o que fizeram) era chamado de "traquinagem", bem diferente do que vemos em algmas escolas hoje...