2013

Aprendemos que, por pior que seja um problema ou situação, sempre existe uma saída. E que é bobagem fugir das dificuldades. Mais cedo ou mais tarde, será preciso tirar as pedras do caminho para conseguir avançar.

Aprendemos que, heróis não são aqueles que realizam obras notáveis. Mas os que fizeram o que foi necessário para essa realização.

Aprendemos que, ao invés de ficar esperando alguém nos trazer flores, é melhor plantar um jardim.

Aprendemos que cabe a nós a tarefa de apostar nos nossos talentos e realizar os nossos sonhos.

Aprendemos que, o que faz diferença não é o que temos na vida, mas QUEM... nós temos.

Aprendemos que o tempo é precioso e não volta atrás. Mas mesmo assim, vale a pena resgatar o passado e viver as emoções do presente.


O nosso futuro ainda está por vir. Então devemos descruzar os braços e vencer o medo de partir em busca dos nossos sonhos


“Confie em você e no seu potencial, tire as suas idéias da gaveta e coloque-as em pratica!”


PROFª ROGÉRIA TELES


quinta-feira, 3 de março de 2011

Centro Teatral Do Grêmio VI de Agosto

O Centro Teatral Do Grêmio VI de Agosto começou suas atividades, em 1965, montando duas peças, uma para público adulto  e outra infantil ("A Bruxinha Que Era Boa", de Maria Clara Machado).
As apresentações foram feitas no antigo Teatro Jossandra.

"A Bruxinha Que Era Boa", de Maria Clara Machado





Rony Rezende, Armando Boito, Carlinhos Fernandes, Tadeu Dix Silva, Washington Luis de Andrade, Sebastião, Belinha Vieira de Moraes, Luis Roberto Dix Terra, Ieda, Edgar Rizzo,Luis Carlos De Freitas, Sara Dix Silva,  Zaira Poggi,  Joeci Marucci, Luis, Carlos Gonzaga.
                                                             
"O Intérprete", de Eugene Labiche.



 
Rony Rezende, Zaíra Poggi, Edgar Rizzo, Armando Boito, Antonio Berezowski, Acacio José Honda, Edno Fonseca, Tais Boller Motta e Carlinhos Fernandes.




Enviado pelo ex-aluno Carlinhos Fernandes

2 comentários:

Dedé disse...

Nesta época, eu já estava de volta para Tambaú onde morava minha família e não "peguei" essa turminha laboriosa e criativa que, com sua arte encantou a platéia curimbatá. Parabéns com décadas de atraso.

Anônimo disse...

Parabéns pela foto.
Nela está meu amigo Edno Fonseca.
Jogador da Pirassununguense e desde 1967 morador do Bairro da Água Rasa em São Paulo onde foi craque do Brazão e Vila Paris.
Veja suas fotos em www.boleirosdaaguarasa.com - futebol varzeano, brazão e vila paris.
Um abraço a todos.
Vie - site do boleiros da Água Rasa